Archive by Author

Moda e cinema

29 ago

Os filmes da Sofia Coppola são sempre festejados pelo cuidado com a produção de arte e o roteiro bem acabado. Os figurinos também são fantásticos e servem de inspiração para looks no dia a dia, ainda mais na temporada primavera-verão 😀

O primeiro filme da Sofia (Virgens Suicidas – 1999) tem um visual super feminino e retrô (a história se passa na década de 70).

 

 

Referências: Jeans flare, estampa floral, batas e óculos coloridos.

O segundo longa, Encontros e Desencontros (Lost in Translation – 2003) se passa no Japão e o figurino é um pouco sem graça. Esses elementos ajudam na construção do filme (que no título original é muito mais esclarecedor) ;D Todo esse clima sóbrio pode servir de inspiração para looks mais formais (vale entrevista de emprego?)

Referências: Sobretudo, camisas coloridas, preto, cinza e branco com detalhe rosa.

O terceiro filme, Maria Antonieta é de 2006 e ganhou o Oscar e o Bafta de melhor figurino. A própria Sofia compôs a palheta de cores-guia para o filme, com fotos de doces (super presentes em várias cenas e como referências também) e estampas liberty.

Referências: Estampa Liberty, babados, laços e renda.

O mais recente filme, Um lugar qualquer (Somewhere – 2010) traz um contraponto: o astro de cinema representando o universo masculino e a filha dele, representando o time das garotas 🙂 O figurino é repleto de listras, a todo momento elas surgem em alguma peça de roupa.

Referências: Jeans, listras, xadrez e camiseta.

PS: Quem está postando é a Bárbara, mas os créditos são exclusivamente da Jéssica Kruckenfellne! Obrigada, Jé 😀

Anúncios

Bora cuidar da pele?!

27 jun

E quem nunca teve uma espinha na vida que atire o seu sabonete anti-acne! E não me venha com essa de que tem pele de pêssego, porque na boa, pelo menos UMA vez na vida eu tenho certeza que a sua linda pele aveludada te deixou na mão!

Vou falar a verdade, a minha pele nunca foi lá essas coisas. Sempre tive espinha e cravo, nada medonho, mas sempre tive e no auge dos meus 20 anos, ainda tenho (pausa dramática). Tenho marcas de espinhas espremidas e de cravos mal tirados, mas com maquiagem tudo fica imperceptível (um salve para o grande inventor da make). Mas essas marcas me incomodam, e MUITO.

A única vez na vida que eu tive uma pele perfeita foi quando eu tinha uns 16 anos e resolvi ir à dermatologista. Lá ela me disse que a minha acne era grau 1, me receitou um creme com ácido e alguns sabonetes. E assim, foi tipo mágica, a minha pele virou tudo o que eu sempre quis. Maaaaaaaas, como uma boa menina preguiçosa que eu sou, quando os meus cremes acabaram, eu parei com tudo hehehe Como eu passava ácido, eu tinha que ter um cuidado do cão com a minha pele, lavar sempre e passar protetor solar três vezes ao dia, e isso me dava uma preguiça…. HAHAHA Enfim, os cremes acabam e eu não voltei para o consultório e tudo claro, voltou a ser como era antes  :/

Mas eu vim aqui pra dar uma super dica quanto a isso. Lembro que quando eu tinha uns 12 anos vi um creme na penteadeira e percebi que a minha irmã passava no rosto toda a noite, e eu como uma irmã mais nova bem da petelha fui lá e comecei a passar o creme dela (que no final acabou e ela ficou bem brava comigo) E por fim, foi ai que eu descobri a linha Clean Clear.

Hoje 8 anos depois (ai que velha) eu comecei a passar o creme novamente. Na verdade eu uso três produtos.

Sabonete Facial em barra para uso diário

Adstringente Anti-Cravos

Hidratante Anti-Acne

Basicamente, eu uso nessa seqüência mesmo, o meu processo com esses produtos é assim: Toda noite eu lavo meu rosto com o sabonete, enxugo o mesmo e limpo a minha pele com um algodão molhado com o adstringente e depois passo o creme. Logo cedo quando que eu levanto, lavo novamente o rosto com o sabonete para tirar o creme e depois disso passo o protetor solar.

(Sim, eu sei que é chato passar protetor solar, até porque você tem que repetir o procedimento mais de uma vez ao dia, mas vale muito a pena! Então, nada de preguiça!)

Olha meninas, faz uma semana que eu estou fazendo isso, e eu juro já fez uma baita diferença!  É claro que a minha pele não virou uma bundinha de neném, mas a aparência melhorou bastante, sumiram algumas manchas e a acne diminuiu, e isso porque só faz uma semana que eu estou usando os produtos.

O que vale deixar BEM CLARO aqui é que não se pode sair por ai passando qualquer coisa na pele. Esses produtos além de serem conhecidos, tem uma qualidade incrível, mas é recomendável que você procure um dermatologista antes.  Até porque a acne é dividida por grau e dependendo do seu, o seu tratamento é mais sério e você tem que procurar um profissional. Veja aqui www.borbulhas.com/graus.html Então, informe-se antes e cuidado!

Bom meninas, essa é minha dica. Estou apaixonada pelo meu creme e mais ainda pelos resultados, vamos ver daqui a um mês como vai estar minha pele. Super recomendo MESMO.

Beijos, Babbi.

 

 

Katie, sua linda!

23 jun

Momento “paguei um pau” pro look da Katie Holmes! E pra falar a verdade, foi beeem grande.

Vi essas fotos esses dias, e hoje estava fuçando no justjared.buzznet.com/ (a-d-o-r-o) e vi de novo, e meu Deus, tem como não se apaixonar por esse look? Esse chapéu do panamá, esse vestido de croche e essa espadrille…. Ai ai, tudo ficou tão perfeito e com uma sintonia tão incrível que a unica coisa que veio na minha cabeça foi “ornou”! hehe

Acho que a Katie Holmes tem um estilo e tanto, unindo sempre o que está na moda com o próprio conforto.

Simplesmente, linda!

PS¹: Para o marido lindo que precisa tomar sol nas perna! HAHAHA

PS²: Para a filha que é a coisa mais linda do mundo, mas que sempre acaba com o meu barato não deixando eu ver as roupas da sua querida mãe porque não sai do colo dela! Você não é mais um bebê Suri, supere isso!

PS³: Alguém me dá as pernas da Katie Holmes?? :/

Beijos, Babbi.

Primeiro Editorial do blog – Marcela Ziola

20 jun

Se tem uma coisa que eu reparo muito nas pessoas é na forma como elas se vestem (desculpa mãe, eu sei que é feio), mas não só naquelas que fazem isso um dia ou outro, mas sim quando elas se vestem SEMPRE bem, porque é ai que mora todo diferencial!E é isso que sempre me chamou a atenção na Marcela, ela tem um estilo romântico com alguns toques folks, e com essa cara de boneca fica difícil demais de não reparar nela.

Quando pedidos pra tirar fotos dela, ela super aceitou e eu e a Carolina surtamos hahaha, sim na nossa opinião ela sabe se vestir muito bem e era tudo que procuramos para o blog, afinal ela não é aquelas meninas modelos de medem 1,80 e pesam 45 kilos HAHAHA A Marcela é uma menina normal, como todas essas por ai, e é isso que queremos, pessoas normais e com um gosto por moda que poucos tem.

Além de se vestir muito bem, a Marcela tem um senso de humor mais do que divertido. Pra vocês terem uma leve noção, enquanto estávamos separando alguns looks ela comentou que as roupas dela sumiam e soltou essa “Acho que a minha empregada só se faz de brega, só pra pegar minhas roupas e sair despercebida” HAHAHA tenho que dizer algo mais?

Uma coisa que ela dizia o tempo todo enquanto escolhíamos as roupas é que “tal coisa ficaria boa com isso” e no final lembrava “mas tá na casa da minha amiga” sim, ela é adepta da troca de roupa com as amigas, disse que não se importa e que acha isso super vantajoso (o que realmente, é) porque é sempre assim, o falta no seu guarda roupa, no da sua amiga, é certeza que vai ter.

Uma coisa que ela gosta e que fica muito evidente nos seus looks é que ela adora echarpes, e é verdade, ela sempre está com um, e tem uma caixa lotada deles, um mais lindo que o outro #invejamodeon.

O que é bem interessante é que as lojas de departamentos reinam no guarda roupa dela, o que exemplifica perfeitamente o que queremos passar, você pode SIM se vestir bem e tem um estilo marcante não usando somente roupas de marca e com preços absurdos.

Basta procurar (e não adianta fazer corpo mole, tem que procurar MESMO) nessas lojas coisas que te agradam, e que definem o seu estilo, que dá pra ser muito feliz por ali mesmo.

Faz pouco tempo que a Marcela voltou dos EUA e ela trouxe muita coisa (invejável HAHAHA) de lá, mas o mais interessante foi o que ela disse: “Não comprei nada caro, porque se for pra comprar coisa cara, eu compro no Brasil mesmo” Sinceramente, nunca tinha parado pra pensar assim (e nem teria, já que eu nunca sai do Brasil hehehe), mas ela disse uma verdade! Quando se viaja pra fora a primeira coisa que se pensa é de comprar coisas de marca mais barato, mas se for pensar bem, você pode ser bem feliz comprando muito mais coisas e essas não serem de marca e mais em conta. Bom, vale muito essa dica!

A Marcela tem o seu estilo próprio, e se não se preocupa em agradar os outros, mas sim em se sentir bem, e na verdade, esse é o conceito principal da moda, não é mesmo?

Obrigada Marcela pelo tempo e a colaboração! 😀

Beijos,

Babbi!

A velha e boa, costureira!

16 jun

Sabe quando você vê aquela blusa PERFEITA, ou aquele casaco que foi a ultima moda no SPFW na coleção inverno, ou aquela saia que se precisasse você venderia a sua cama por ela? Então, eu sei! E sei que você sabe também. O problema de tudo isso é quando você vai feliz e contente ver os preços dessas peças e a sua felicidade se dissolve como um sorvete no sol!

A questão é, ficar sem essas peças não é algo que cogitamos, mas pagar uma fortuna por ela, muito menos. Eis aqui a minha solução: uma COSTUREIRA! Isso mesmo, uma boa costureira pode fazer milagres e ser a sua melhor amiga nessas horas!

Eu já fiz muito isso, comprei um tecido parecido, e imprimi o desenho (ou peguei uma peça parecida com alguma conhecida) fui na costureira e pedi pra ela fazer um modelo igual.

Meninas, vocês não tem noção de como isso é sensacional! Além da peça ficar perfeita no seu corpo (afinal ela foi feita especialmente pra você) o dinheiro que você vai economizar chega a ser emocionante só em falar. hahaha

Tá, eu sei que as vezes (ou sempre) a vontade de ter uma peça original ( e com aquele logo BEM grandão da marca) fala muito mais alto, mas quando a grana tá curta, essa é a melhor alternativa para você ter o seu grande objeto de desejo e de ainda sair no lucro.

OBS: Sim, meninas, nesse caso existe algumas observações a serem feitas, e essas são muito importantes!

1) A sua costureira tem que ser MUITO boa! Primeiro porque se ela for uma meia boca, além do resultado final ser uma lastima, ao invés de você economizar, você vai perder dinheiro! Então, informe-se! Procure alguém que a sua mãe conheça, ou que todo mundo fala, porque é ai que mora a mágica (e o perigo)

2) Veja se vale a pena! Sim, as vezes não vale. Outro dia eu vi um casaco lindo e resolvi fazer isso, fui atrás do pano, pra ver o preço, e no final não compensava. O preço do pano era bem alto e com a mão-de-obra da costureira eu iria economizar 10 reais, ou seja, era muito mais pratico eu comprar o casaco na loja.

3) Não crie a expectativa que a sua peça vai ficar idêntica a que você tinha visto, porque ela não vai! Primeiro porque provavelmente o tecido não vai ser o mesmo, e a modelagem pode ficar no final de tudo um pouco diferente. Então, não pense que você vai ter uma roupa igualzinha a da loja, e contente-se com algo muito parecido!

Saia bandage da Cá que ela mandou fazer quando estava em alta. Costureira e pano = 25 reais. Na loja, você não comprava uma por menos de 80 reias.

Blazer de moletom que está com tudo. É muito simples de fazer.

Então já sabem, quer economizar: fotografa a roupa e vai na sua mais nova melhor amiga, a costureira!

Beijos, Babbi.