Archive by Author

The Lying Game

22 out

Um vicio: séries.

Isso desde sempre: Full House, Two of a Kind, Clarissa explains it all, Barrados no baile, Popular, SOS Malibu, Confissões de Adolescente, Anos Incríveis, Sabrina- aprendiz de feiticeira, Blossom, Jack and Jill.. (poderia passar a noite escrevendo o nome de todas que eu amava)

A diferença daquela época pra cá é que hoje eu tenho internet (como viviamos sem? :O)

E agora dá para acompanhar fielmente cada episódio que sai toda semana, com legenda e um dia após ser lançado na tv norte americana.

Meus vícios, atualmente são: Pretty Little Liars, Gossip Girl e Glee.Não consigo ficar sem assistir, já comprei box e não canso de rever as temporadas anteriores enquanto um episódio novo não sai.

Infelizmente, Pretty Little Liars está em hiatus (quando uma série entra em ‘férias’). Desesperos e um episódio especial à parte, a ABC resolveu presentear os fãs com uma produção nova: The Lying game.

Inspirada na obra de Sara Sherpad, a mesma criadora de PLL, a série conta a história de duas irmãs separadas no nascimento: Emma e Sutton. Uma vai parar em uma casa cheia de conforto e riquezas e a outra, em orfanatos e casas aonde recebe agressões e maus tratos.

Um dia, Sutton descobre a irmã pela internet e depois de várias conversas, decidem se encontrar.

Querendo descobrir quem é a verdadeira mãe das duas, Sutton propõe que elas troquem de lugar e pede à irmã que fique em sua casa enquanto ela vai atras da verdade.

Emma, então, descobre como é ter um verdadeiro lar e , ainda em contato com a irmã gemea pela internet, faz várias mudanças na vida de Sutton.

A maioria das pessoas se surpreende com um novo comportamento de Sutton (para melhor), mas o único que descobre a verdade, é seu namorado secreto Ethan

A história se desenvolve e, a cada novo episódio, mais mistérios e dúvidas surgem na vida das duas.

Uma história que envolve tanto quanto PLL e te faz querer assistir logo o próximo episódio para saber a solução do enigma anterior.

Assistam, viciem-se e agreguem mais uma série na lista de vocês.Vale à pena.

Meus prêmios Nick 2011

14 set

Um dos meus canais favoritos, desde pequena, é a Nickelodeon. Era meu vício.

Quando não era ainda a época de ficar um bom tempo em redes sociais na internet, minha diversão era assistir por horas e horas os programas da Nick. Clarissa explains  it  all, Lendas do templo perdido, Doug, Ahh!Monstros, As aventuras de Pete & Pete,  S club 7, As patricinhas de Beverly Hills, Kablan, Rocko, Ginger, Rugrats, Are you afraid of the dark?, Sabrina, Irmã ao quadrado… :’)

Que saudade.Poderia ficar horas relembrando os clássicos dos anos 90 do canal (Aqui fica uma campanha: façam um especial com os programas dessa época, Nick!!)

A geração mudou e os programas também.

Em 1999 foi lançada a primeira edição brasileira dos meus prêmios Nick (Kids’ Choice Awards)  deixando todos os telespectadores à frente das votações em várias categorias.As desse ano são:

  • Ator Favorito
  • Atriz Favorita
  • Atleta do Ano
  • Banda Favorita
  • Cantor do Ano
  • Cantora do Ano
  • Desenho Favorito
  • Filme do Ano
  • Game Favorito
  • Revelação Musical
  • Gato do Ano
  • Gata do Ano
  • Humorista Favorito
  • Música do Ano
  • Artista Internacional Favorito
  • Programa de TV Favorito
  • Twitter do Ano
  • Banda Favorita
  • Cabelo Maluco

Em cada etapa, as crianças fazem as escolhas e elegem quem vai levar o Zappy pra casa.

A festa é regada a artistas, diversão e muito Slime- a gosma verde que cai sem dó em muitos participantes.

A edição desse ano vai contar com apresentação dos integrantes do Restart, acontece dia 13 de outubro no Credicard Hall em São Paulo e vai ao ar dia 27 do mesmo mês.

Para votar e concorrer a ingressos:  NICK

OBS. Procurem mais sobre esses clássicos da Nickelodeon que postei aqui.Tenho certeza que irão gostar.

The Smurfs & Co.

3 set

Seguindo a onda dos Smurfs em 2 versões no cinema (assistam..é MUITO fofo), o facebook lança um novo joguinho baseado na turma azul.

Em The Smurfs & Co. você escolhe ser um Smurf ou Smurfette e constrói toda a vila dos bichinhos mágicos, seguindo missões e interagindo com outros Smurfs que andam pelo terreno.

É bem parecido com o The Sims Social ( tá, é muito parecido). Basicamente, a única diferença é que você não decora o interior da casa.E conforme você aumenta o grau de felicidade, novos Smurfs surgem na vila.

Quando aparecem pontos de interrogação, significa que há uma nova interatividade com o Smurf.Basta clicar em cima dele e uma conversa irá surgir.E você escolhe entre 2 respostas.

Enquando o jogo está aberto, esses Smurfs, além de passearem, fazem mais dinheiro surgir e suas Smurfs Coins aumentam.

Visitar seus amigos que também jogam, te dão bônus, energia, dinheiro e alguns materiais necessários para a construção de alguns itens do shopping.

Todo matagal em volta da vila é retirado com a foice.Dica: para conseguir os cristais que são necessários para algumas construções, basta eliminar as pedras.

Não há muita novidade para quem está acostumado com os jogos do facebook.Mas vale passar algumas horas tentando fazer uma vila bonita ou apenas passar o tempo na quando a internet está um tédio

 

Rasgue a meia!

23 ago

Quando vocês usam algo pela primeira vez, resolvem inovar ou apenas mudar de estilo, já se sentiram meio que em evidência, como se houvesse um letreiro luminoso sobre sua cabeça o qual todo mundo que passa, olha? Pois é. Semana passada aconteceu comigo.

Sempre uso meia calça. Tenho de alguns estilos variados, das mais finas às q substituem uma calça em dias de muito frio.

Fui usar uma para ir à uma reunião na casa de uns amigos. Bem feliz vesti a meia calça e a perna direita estava com um pedaço desfiado. E o pior: não tinha como voltar em casa e pegar uma nova.

Aí eu tive uma idéia: ‘’Vou  usar o que tenho, da melhor maneira possível” Lembrei de umas meninas da faculdade de moda, que passam todo dia por mim, enquanto vou para a sala de fotografia. It girls que transpiram estilo e não estão nem aí se chamam a atenção mais que outras. Pelo contrário, ainda olham bastante para as que estão vestidas com um moletom bem no tipo: “Que sem sal’’.

Uma das meninas usava a meia toda desfiada mesmo, com um tênis  e um chapéu super estiloso. Não pensei duas vezes: desfiei  a meia calça toda.E me senti bem em usar (e ousar?) Eu também não vejo muita gente andando assim por aí e até compreendo alguns olhares de repreensão.

Mas é o tal negócio: “Sustente aquilo que você acredita e se sente bem”

Chegando de volta em casa, fui procurar pessoas que abusam da peça.E não foi dificil achar.Essas meias já são vendidas assim e são mais comuns do que eu pensava.

Miley

Dakota

LiLo

Desfile Paul Smith

E por aí vai: Taylor Momsen, Ke$ha…

Esse tipo de meia é tendência entre as londrinas e uma aposta no inverno do Brasil.

Deixa o look diferente e cheio de atitude.

E o melhor: dá para usar aquela meia velha que não servia mais para nada. O único problema é que ela logo rasga de vez.E aí: lixo.

A minha durou 2 dias:



A Renner publicou um video com um tutorial passo-a-passo:

Quebre as regras.Meia calça com seu estilo

E não importa os palpites alheios em sua maneira de se vestir.O que importa é que você se sinta confortavel, bem e com seu próprio estilo!

 E vocês, gostam de meias assim? Usam? Usariam?

Paty 😉

Para dormir bem

24 jul

Insônia.

Mês de férias e a maioria troca o dia pela noite.É bem tentador ficar online do twitter e facebook até amanhecer.Ou conversando no msn e assistindo séries.

Porém, pegar no sono depois, fica beeem mais difícil.

Eu amo chuva.Contanto que seja de madrugada.Não rola sair pra fazer algo por aí e ter q carregar guarda-chuva, casaco, capa e ainda molhar todo o tênis.Prefiro dormir com esse som e, como diria Sandy e Junior..sentir o cheiro de terra molhada -N

Mas, quando vem a insônia e não está chovendo, uma alternativa é acessar o site Barulho de chuva.

Nele, ”uma chuva” permanece no seu computador em hq por meia hora.Depois é só reiniciar e escutar por quanto tempo você quiser.

Serve também para quando estamos mais tensas e queremos dar uma relaxada.

Agora, se você está com saudade da praia..basta acessar o Barulho de mar.Mais meia hora de barulho de ondas.

Ótimo também para relaxar e esquecer um pouco dos problemas.

Acessem e digam o que acharam.

Paty 🙂

 

The Man Repeller

23 jul

Leandra Medina, 22 anos, estudante, moradora de NYC.Uma menina comum como eu, como você.

Foi abandonada pelo namorado e, depois de um tempo chorando, acabou estampando matérias no “The New York Times”, “Nylon Magazine”, “Harper’s Bazaar” e “The New Yorker”.

O que fez dessa IT GIRL tão famosa? Um blog.Um simples, blog….Bem, não tão simples assim.

Com um tom irônico e irreverente, Leandra mostra como meninas muito fashions, podem repelir rapidamente um garoto de suas vidas.Quanto mais elas estão ligadas à moda, menos eles gostam.

Parece estranho.Mas não é. E ela prova isso tirando fotos de si mesma com peças da moda.Fotos em situações diferentes que com alguns itens a mais, se tornam um horror aos olhos dos meninos.

Porém, ela mesma se declara fashionista, abusando de peças que fazem seu estilo.Mesmo que isso seja um repelente para os caras à sua volta.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Cheia de sobreposições e acessórios, Leandra, que estuda na Parsons School of Design em Nova Iorque, diz que mulheres fashionistas não estão preocupadas com o que os outros vão ou não gostar.

O blog destaca dois estilos: “man repeller” (look que afasta qualquer homem) e o “man getter” (look simples que atrai muitos olhares)

Cheios de humor, os textos mostram que o importante é nos vestirmos para nós mesmas.Sempre.

Vocês preferem um look mais fashion ou confortável? Qual o estilo de vocês? Comentem

THE MEN REPELLER- (aqui)

Paty 🙂

Stephen King na parede

18 jul

Quem nunca teve um poster na parede do quarto, que atire a primeira pedra.

Quando começamos a ‘’idolatrar’’ alguém, seja no esporte, música ou artes, é inevitável comprar algum poster e colar na parede, para mostrar a quem entra ali, o nosso ídolo, além de poder admirar o dia todo ou enquanto estamos deitados na cama esperando o sono chegar.

As revistas adolescentes também colaboram muito com isso, lançando em casa edição uns 3 ou 4, nos forçando a fazer a difícil escolha : qual lado do poster vou colar? – já que imprimem um artista de cada lado.

Os mais fanáticos chegam a comprar aqueles posters super caros, emoldurados e com vidro, para preservar por mais tempo a relíquia na parede

Confesso que teve uma época em que minha parede quase não tinha espaço, de tanto poster que colei.

Cheguei ao absurdo de colar no teto um de 1,45, apenas para dormir olhando o Poncho todas as noites (ai, ai) hahaha Nesse dia levei uma bronca, pois subi numa cadeira em cima da cama e quase levei um tombo feio.O esforço foi meio que em vão.Em menos de uma semana o poster caiu de lá.

Para quem gosta de terror, um designer americano chamado Nick Tassone, criou uns posters baseados nos filmes de terror de Stephen King.

Já assisti Carrie várias vezes e achei demais o contexto usado para o poster: um balde pendurado (o mesmo que cai sobre a cabeça da menina estranha.)

No de Cemitério de animais (um dos melhores romances de terror de Stephen King), o poster é representado por quatro formas de animais em lápides.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Posters simples, mas que captam toda alma e essência do livro.

Cada um custa 30 dólares e há uma promoção dos 10 posters  juntos por 245 dólares.

Caso você queira fazer seu próprio poster, um programa foi criado especialmente para isso.Ele se chama “Posteriza”

Basta baixar gratuitamente o programa, mandar sua foto, ajustar e imprimir todas as partes.Um poster exclusivo aparecerá em poucos minutos.Ideal para quem não acha em lugar algum a foto que tanto quer na parede do seu quarto.

Para baixar o posteriza (aqui)

Para comprar os posters de Nick Tassone (aqui)

E quais posters tem no quarto de vocês? Comentem 🙂

Paty